Participação dos parceiros na consulta pré natal no centro de saúde da cidade de Lichinga

  • Alexandre António timbane Universidade Aberta/ Instituto Superior de Ciências e Educação a Distância
  • Victória Tina Luís Uissiramo Universidade Aberta/ Instituto Superior de Ciências e Educação a Distância
  • Ana Paula Wizibone Bainosse Universidade Aberta/ Instituto Superior de Ciências e Educação a Distância, Moçambique.
Palavras-chave: Consulta pré-natal, Participação dos parceiros, Grávida

Resumo

O presente artigo científico aborda a Fraca Participação dos Parceiros na Consulta Pré Natal no Centro de Saúde da Cidade de Lichinga, objectiva avaliar os factores que influenciam no fraco envolvimento dos parceiros nas Consultas pré-natais de 2019-2021. Especificamente, pretende-se, (1) - Identificar os factores que influenciam no fraco envolvimento dos parceiros nas Consultas pré-natais; (2) - Descrever os factores relacionados com os serviços que interferem na participação dos homens na consulta pré-natal e (3) - Propor estratégias que visam a participação dos parceiros nas consultas pré-natais. O artigo com uma abordagem metodológica qualitativa, com recurso a leitura apoiada pelas técnicas de observação, entrevista e análise documental para constatar que os parceiros não acompanham as parceiras na consulta pré-natal; Não há acções de promoção de saúde paterna nos cuidados da mulher grávida. O comportamento tradicional discordante que os parceiros façam parte da consulta pré-natal levando a feminizaçao do processo gestacional. 

Biografia do Autor

Alexandre António timbane, Universidade Aberta/ Instituto Superior de Ciências e Educação a Distância

Pós-Doutor em Linguística Forense, Doutor em Linguística, Docente de Ética e Direitos Humanos em Saúde Pública, no Curso de Mestrado em Saúde Pública, da Universidade Aberta/ Instituto Superior de Ciências e Educação a Distância, Moçambique

Victória Tina Luís Uissiramo, Universidade Aberta/ Instituto Superior de Ciências e Educação a Distância

Licenciada em Administração Pública, Pela Universidade À Politécnica, Mestranda em Saúde Pública na Unisced, Funcionária da Direcção Provincial de Niassa. Província do Niassa

Ana Paula Wizibone Bainosse, Universidade Aberta/ Instituto Superior de Ciências e Educação a Distância, Moçambique.

Licenciada em Administração e Gestão Escolar, UCM, Mestranda em Saúde Pública, UNISCED. Atua no ensino no Instituto de Ciências de Saúde de Tete

Referências

Balica, L. & Aguiar. R. (2019). Percepções paternas no acompanhamento do pré-natal. Revista de Atenção à Saúde.17 nº61.p.40 -435
Oliveira, S. C. & Fernando, V. C. N. (2009). A participação do homem/pai no acompanhamento da assistência pré-natal. Cogitare Enfermagem, vol. 1 nº7 p.8-73
Marconi, M A & Lakatos, E. M (2010), Metodologia do Trabalho Cientifico: Procedimentos básicos, pesquisa bibliográfica, projectos relatórios, publicação e Trabalhos Científicos. São Paulo: Atlas.
Fontanella, B.J.B; & Luchesi, B.M; et. Al (2011). Amostragem em pesquisas qualitativas: proposta de procedimentos para constatar saturação teórica. Universidade Federal São Carlos. Caderno de Saúde Publica. Rio de Janeiro: Filial. Fevereiro, nº 27. p.389-394
Mendes, S., & Santos, K. C. (2019). Pré-natal masculino: a importância da participação do pai nas consultas de pré-natal. São Paulo: Enciclopédia biosfera.
MISAU. (2018). Diretrizes para Engajamento do Homem nos Cuidados de Saúde - Moçambique. Maputo: Direção Nacional de Saúde Pública.
Moçambique. (2004). Constituição da República de Moçambique. Maputo: Plural editores.
OMS. (2016) Recomendações da Organização Mundial da Saúde sobre cuidados pré-natais para uma experiência positiva na gravidez. Genebra:
OMS. Disponível em: . Acesso em: 16 abr.2022.
Vilelas, J. (2009). Investigação processo de construção de conhecimento. Lisboa: Silabo.
Publicado
28-06-2022
Como Citar
timbane, A. A., Uissiramo, V. T. L., & Bainosse, A. P. W. (2022). Participação dos parceiros na consulta pré natal no centro de saúde da cidade de Lichinga. Educação Sem Distância - Revista Eletrônica Da Faculdade Unyleya, 1(5). Recuperado de https://educacaosemdistancia.unyleya.edu.br/esd/article/view/137
Seção
Práticas profissionais: Saúde